» Receitas

Biomassa de Banana Verde

Receitas (08/07/13)  A banana ainda verde é considerada um alimento funcional pois, quando cozida, apresenta alto conteúdo de amido resistente presente na polpa da fruta. O benefício do amido resistente é similar ao da fibra alimentar, sendo que este não é digerido e absorvido no intestino delgado, podendo ser fermentado no intestino grosso, produzindo substâncias que servem como fonte de energia para a produção das bactérias benéficas do nosso intestino, além de manter a integridade da mucosa do nosso intestino, que é responsável pela absorção adequada dos nutrientes e pela barreira da entrada de substâncias maléficas. Desta forma, o consumo de banana verde auxilia no trânsito intestinal adequado, atuando na prevenção e tratamento de quadros como diarréia e constipação, além de prevenir o desenvolvimento de doenças como o câncer de intestino.

Além de contribuir para a saúde do intestino, a banana verde exerce outros efeitos benéficos ao organismo. A banana verde é considerada um alimento de baixo índice glicêmico, ou seja, sua digestão e absorção são mais lentas, e assim a quantidade de glicose liberada no sangue ocorre gradativamente, mantendo os níveis de glicose no sangue controlados, e reduzindo a necessidade de liberação de insulina para que esta glicose entre na célula, contribuindo então para a prevenção do desenvolvimento de diabetes, além do acúmulo de gordura corporal, devido ao aumento da saciedade promovido pelo amido resistente. Os estudos indicam que o consumo de amido resistente também atua na redução do colesterol, pela redução de sua produção pelo fígado, e pelo aumento da sua eliminação pelos ácidos biliares. Desta forma, a banana verde pode também ter uma importante função na prevenção do desenvolvimento de doenças do coração.

A banana verde na forma cozida é apropriada ao preparo de subprodutos como a biomassa e a farinha de banana verde, que são utilizadas para a confecção de bolos, biscoitos e outras massas, substituindo a farinha de trigo. Além disso, você pode adicionar a biomassa da banana verde em sucos de frutas e vitaminas. O preparo da banana verde é simples e pode ser feito em casa. Veja como preparar a biomassa:




1. Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxágüe bem;
2. Em uma panela de pressão com água fervente (para criar choque térmico), cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água por 20 minutos;
3. Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos, e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas;
4. Espere o vapor escapar naturalmente. Não force o processo abrindo a panela debaixo da torneira, por exemplo;
5. Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela;
6. Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar;
7. Coloque a quantidade desejada da polpa cozida quentíssima no processador;
2. Processe até obter uma pasta bem espessa;
3. Se não for utilizar imediatamente, guarde a polpa em saco plástico. Essa polpa pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador, mas necessitará de um reprocessamento.

Ela dura cerca de 4 dias na geladeira, e pode ser congelada por até 6 meses. Para descongelar deixe na geladeira da noite pro dia, e no dia seguinte coloque-a em banho-maria, até voltar a consistência original!

Aplicação da Biomassa de Banana verde em receitas saudáveis:




Suco funcional
Ingredientes:
- Suco de 1 laranja
- 1 folha de couve
- 100 ml de suco de uva
- 1 colher de sopa de linhaça
- 1 colher de sopa da biomassa de banana verde
Bata os ingredientes no liquidificador e consuma este suco energético no café da manhã.





Bolo de Cacau com Biomassa de Banana Verde
Ingredientes:

2 xícaras de leite de côco
meia xícara de óleo de côco
1 xícara e meia de cacau em pó
2 xícaras de açucar demerara ou mascavo, ou adoçante línea
3 xícaras de biomassa de banana verde (se estiver congelada, descongelar e colocar na xícara pra medir)
2 ovos inteiros
1 colher de sopa de canela em pó
1 pacote medio de côco ralado (é melhor o côco fresco) senão aquele de saquinho sem açucar
1 colher de pó royal

Bater todos os ingredientes no liquidificador (mas vai colocando aos poucos para não pesar muito) ou tb toda a mistura pode ser batida por 5 minutos na batedeira

OBS: Enquanto estiver preparando os ingredientes, já deixa o forno ligado em temperatura média e também deixe uma forma (pode ser forma média de pudim) untada com um pouquinho só de óleo e polvilhada com cacau.

Colocar a mistura batida no liquidificador ou batedeira dentro da forma e levar para assar por 1 hora (sobe o fogo só mais um pouco, pois já vai estar pré aquecido)

Não abrir o forno antes do tempo.
OBS: Quando for tirar do forno, por exemplo se enfiar um garfo pra ver como está, o garfo vai sair úmido e vai grudar um pouco do bolo nele, mas não se preocupe, é porque ele fica bem cremoso.
Retire do forno e deixe esfriar e desenforme.





ar2
Webmail Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Resultados no Bing Resultados no Google RSS Feeds
 © 2012, Dietética Refeições - Todos os direitos reservados. (27) 3235-2499.
App Facebook Instagram You Tube